sábado, 11 de agosto de 2012

SERÁ QUE SEREI BEM SUCEDIDA EM MEU DIVÓRCIO?



SERÁ QUE SEREI BEM SUCEDIDA 
EM MEU DIVÓRCIO?
Mensagem de Jennifer Hoffman
2 de Agosto de 2012



Querida Jennifer, há um ano eu era uma mulher feliz, casada com um marido maravilhoso e dois belos filhos. Então, eu descobri que o meu marido estava tendo um caso e ele decidiu abandonar a nossa família. Além de estar com o coração partido pela sua decisão, estamos agora envolvidos em um divórcio muito difícil que está esgotando as nossas economias e estamos brigando por tudo, inclusive pelos nossos filhos. Por que isto me aconteceu? Serei bem sucedida em meu divórcio? Tenho muito medo de perder tudo, inclusive a guarda dos meus filhos.


Resposta de Jennifer: 

Sei que isto é difícil para você e é muito assustador sentir que a sua vida está se desintegrando diante dos seus olhos. O que você quer saber, quando pergunta se será bem sucedida em seu divórcio, é se será capaz de resgatar alguns aspectos de sua vida e se perderá tudo o que tem: seus filhos, seu dinheiro e estilo de vida.

Você terá de volta a sua vida, mas ela não será como antes. Seu casamento já acabou e esta é a primeira coisa que você tem que reconhecer. Lutar com o seu marido não irá mudar isto, nem tentar fazê-lo pagar pelo que ele fez à sua família, porque há um elemento disto presente aqui também.

Há questões muito mais importantes operando aqui, incluindo um pouco de forte energia cármica entre você e o seu marido, que é o que criou esta situação. Eu não acho que seja a primeira vez, através de suas muitas vidas juntos, que ele a abandonou, financeiramente, fisicamente, ou emocionalmente, e você está sentindo algumas memórias muito fortes de vítima que, em outras existências, provavelmente a deixou desamparada.

A outra questão que eu vejo com o seu marido, é como ele se vê no casamento e o que ele precisava de você. Antes do caso, você estava fazendo algumas mudanças de auto-capacitação, e é por isto que ele encontrou alguma coisa, alguém, que achava que ele era poderoso e maravilhoso e com quem ele não tinha que provar a si mesmo, ou mudar. 

Você pode não ter falado sobre as mudanças que estava passando, mas ele estava consciente delas e também do fato de que para continuar unido a você, ele teria que mudar também. E ele estava também com medo de que, eventualmente, você não o veria mais de uma maneira positiva. Ele precisa de alguém que o adore e que o coloque em primeiro lugar em todos os sentidos e isto não aconteceria com você.

O que significa para você: “ser bem sucedida no divórcio”?

Porque, eventualmente, ele terminará e haverá uma divisão de bens, uma decisão sobre o apoio e a guarda, e cada um de vocês terá que começar as suas vidas novamente. Para chegar a este ponto, você terá que mudar a energia entre vocês, o que envolve o perdão, o desapego e a aceitação.

Você não tem que desistir da luta: você só tem que lutar a partir de sua luz, ao invés de sua raiva, medo, atitude de vítima ou traição. 

O Carma entre vocês se trata de ser uma vítima, assim como você pode mudar esta energia para ser vitoriosa e usar esta experiência para se fortalecer, em vez de permitir que isto a destrua, aos seus filhos e ao seu marido?

Sei que é difícil deixar de lado a raiva, mas se quiser “vencer” e sair para um novo caminho, é isto que terá que fazer. E você pode fazê-lo, colocando tudo o que aprendeu em prática.Enquanto estamos aprendendo sobre o perdão, a cura, a transformação e a ascensão, a informação parece muito simples e fácil. 

O verdadeiro teste é quando temos que colocar isto em prática em nossas vidas, em uma situação como a sua, em que estamos enfrentando os nossos mais profundos medos e maiores desafios. 

Esta é a sua jornada de mestria. Assim, como pode dominar esta situação, tornando-se um mestre de suas emoções, de sua raiva, medo, carma, e criar um novo caminho de vida alegre, satisfatório, bem sucedido e vitorioso para si mesma?


www.urielheals.com
Tradução: Regina Drumond 
reginamadrumond@yahoo.com.br