domingo, 15 de julho de 2012

MENSAGEM DOS PLEIADIANOS



MENSAGEM DOS PLEIADIANOS
Canalização: Mizrah 
Em 12 de julho de 2012


Nós gostaríamos de conversar hoje com vocês sobre algo que vemos ocorrendo com muitos da Comunidade de Trabalhadores da Luz/Sementes Estelares, algo que está distraindo e desviando muitos de seu propósito superior e de sua missão.

Muitos dos sites em sua internet que parecem ter praticamente uma "visão truncada" mantêm o foco naquilo que se tornou conhecido em seu mundo como o elemento "cabala criminosa", nas prisões iminentes de banqueiros, membros da cabala/illuminati, quando ou se estas prisões irão ou não ocorrer, se suas irmãs e irmãos galácticos/estelares vão ou não intervir a favor da humanidade.

Nós vemos muita disseminação de energias vibracionalmente baixas sendo emitidas por todo o mundo intencionalmente designadas para criar distração e divisão.

Nós vemos membros da comunidade de Trabalhadores da Luz/Sementes Estelares envolvendo-se em comentários negativos, com o medo e o desespero penetrando nos campos de energia de muitos, com um obscurecimento do campo de energia da luz no interior de muitos.

Com o maior respeito amoroso, nós pediríamos aos Trabalhadores da Luz e Sementes Estelares para novamente focarem sua luz e seus pensamentos em seu propósito superior; para que cada um, de sua própria maneira única, honre seu compromisso de assistir a Sagrada Mãe Terra e a humanidade a elevarem seu nível vibracional em preparação para a transição à Quinta Dimensão, para a ascensão.

A hora é agora, ela é crítica e vocês são necessários.

Tomem um momento para se equilibrar, evoquem seus Guias, Anjos, Mestres, Família Galáctica de Luz para retorná-los a um ponto de tranquilidade e propósito interior, pratiquem seu discernimento e lembrem-se do que vocês vieram para cá para fazer juntos na consciência unificada amorosa.

Em Recordação Amorosa, nós somos os Pleiadianos.

Ash-a-nay

Mizrah

http://starseedsdownunder.com.au/
Fonte e Tradução: SINTESE 
http://blogsintese.blogspot.com/ 
Respeite os créditos