domingo, 8 de julho de 2012

GAIA



GAIA
Por Owen Waters
8 de Julho de 2012


Você pode se perguntar por que a consciência humana começou subitamente a se elevar em frequência na década de 60. As pessoas começaram a questionar as velhas formas de corrupção e de conflito e muitos começaram a buscar respostas nos ensinamentos espirituais do Oriente.

A verdadeira data do início deste renascimento foi 8 de Julho de 1964.
Neste dia, em 1964, a Mãe Terra esteve imbuída com uma enorme quantidade de energia cósmica.

Agora, porque ela tem bilhões de seres humanos sob os seus cuidados e proteção, ela escolheu armazenar esta energia cósmica em seu corpo e então, liberá-la gradualmente durante um período prolongado de tempo, de modo que pudéssemos nos adaptar a ela.

Para o bem da humanidade, ela mediu esta energia cósmica edificante de uma maneira que nos permitisse a adaptação às frequências mais elevadas de uma maneira equilibrada. Ela podia ver que precisávamos ser capazes de atualizar a nossa consciência, em preparação para os novos ciclos positivos que começariam a se revelar após 2012.

Gaia, a Mãe Terra, é uma alma extremamente evoluída, baseada na existência da sétima dimensão. Ela mantém corpos como esferas de consciência na quinta e sexta dimensão, bem como os corpos físicos na quarta dimensão e em nosso reino da terceira dimensão.

No nosso nível físico, seu corpo parece minúsculo diante da vasta escuridão do espaço e, entretanto, em seu nível de alma, a cena é muito diferente. Foi-se a escuridão do espaço. Lá está uma jóia que brilha dentro do corpo sólido de luz que preenche o nosso sistema solar.

Há muito tempo, quando a humanidade precisava de um lar no espaço, Gaia se ofereceu para reter a sua luz espiritual, de modo que a nossa raça humana pudesse existir confortavelmente sob o seu apoio, em seu próprio nível de consciência.

8 de Julho é a data ideal para recordarmos a grandeza e a compaixão desta deusa da Luz, e expressarmos a nossa profunda gratidão pelo lar que ela abnegadamente nos proporciona.

Reserve um tempo para se interiorizar, conecte-se com a alma espiritual de Gaia e lhe envie o seu amor, sua luz e gratidão.

Inspire a energia vital universal a cada inspiração. A cada expiração envie o seu amor, sua luz e gratidão, como um feixe de luz branca do seu coração, para o coração da Mãe Terra.

Aproveite o tempo para fazer bem a conexão e você ficará surpreendido pela qualidade de energia edificante que retorna a você da Mãe Terra.


http://www.infinitebeing.com 
Tradução: Regina Drumond 
reginamadrumond@yahoo.com.br