quarta-feira, 9 de maio de 2012

ENTENDENDO O NOSSO PRÓPRIO SER




ENTENDENDO O NOSSO PRÓPRIO SER
Por Petra Margolis
Em 1º de maio de 2012


Eu gostaria de explicar como eu tenho vivenciado a expansão que está dentro de todos nós, pois todos nós somos seres fonte.

Todos nós temos nossa própria experiência de consciência neste universo, mas também além deste universo.

Como um humano, nós normalmente não sentimos ou vemos essa experiência, ou essas partes de nós, já que perdemos a conexão a muitas outras partes de nosso ser.

Alguns começaram a ver ou sentir mais esta expansão e têm visto a expansividade de seu próprio ser, pois ele pode conter muitos universos.

A parte divertida vem quando alguém diz: eu me senti tão um com tudo.

O uso da palavra "Eu" já explica que a unidade é algo visto da perspectiva humana.
Então vou tentar explicar isso de um modo diferente.

Todos nós temos nossa própria consciência, então em relação a ser separado ou um, nós temos nossa própria consciência. Nós não desaparecemos quando nos expandimos para o nosso universo e além. Mesmo quando alcançamos a consciência da fonte, nós ainda temos nossa própria experiência de consciência também.

Então nós temos uma escolha na nossa experiência enquanto expandimos, ou seja, verdadeiramente o que nós fazemos é expandir nossa consciência dentro de nosso próprio serjá que nosso ser já é expandido.

Aqui é que se torna mais complicado, pois as experiências são diferentes. Agora, para mim, deve-se mais ao sistema de crença que nós temos como humanos em relação ao que pensamos que nós deveríamos estar experimentando.

Ao nos expandirmos dentro de nosso próprio ser ou expandirmos no nosso universo e além, nós é dito que há algo que precisa ser sentido e que esse algo é a unidade.

Entretanto, nós vemos tudo isto a partir de um entendimento humano, nós explicamos tudo isso através de nossa compreensão humana.

Então, nós podemos ver de dois pontos de vista diferentes e tentar ver se conseguimos também ver do ponto de vista de nosso ser fonte, apesar de que ainda temos que traduzir através do entendimento e das crenças humanas.

Nós podemos olhar para cima em nosso ser ou podemos olhar para baixo em nosso ser.

Quando eu mesma me expando e, sendo sincera, eu normalmente estou expandida, eu posso sentir em qualquer momento o que está acontecendo na Terra, no nosso universo e além, se eu tiver que ou precisar de, mas meus sentimentos e compreensão são um pouco diferentes do que a maioria.

Eu sei de tudo dentro de mim o tempo todo, mas eu também sei que tenho minha própria consciência e posso usar isto para me mover pelos universos também. É meio parecido com você olhar para seu corpo físico e poder sentir o corpo todo ou se concentrar em determinadas partes do corpo.

É igual com todo o nosso ser em espírito. Nós normalmente usamos o coração como um ponto de partida para entrarmos em nosso ser, pois este é um dos espaços mais seguros ou pelo menos nós sentimos como o espaço mais seguro.

Assim que você for além é que você verá que não há somente planetas e estrelas nesses universos, mas também outros seres, porém normalmente nós ignoramos isto e apenas vemos os planetas e estrelas nos universos.

Isto me leva ao ponto de por que eu estou realmente expondo isso.

A questão é: por que há seres altamente desenvolvidos fazendo coisas que nós não consideramos certas?

Agora, todos nós estamos num ponto de desenvolvimento diferente em relação à conexão com nosso ser fonte e nós também estamos num ponto diferente da experiência de como criar e se mover através das energias de nossa própria consciência.

As criações mais poderosas acontecem em um nível fonte dentro de nós.

Mas enquanto estamos liberados da fonte em nosso caminho de aprendizagem e experiência de tudo que pode ser experimentado, todos nós fazemos escolhas. Não importa se somos físicos ou não.
Nesta época nós escolhemos estarmos aqui na Terra como humanos. Alguns apenas começaram o caminho da criação e experimentação de tudo que pode ser experimentado e outros estão mais avançados no caminho da criação e experimentação.

Então, conforme nos movemos através de nossa própria consciência, nós temos a escolha de ou nos unirmos a outros ou permanecermos separados dos outros.

Quando digo que há alguns seres altamente desenvolvidos por trás de algumas coisas que estão acontecendo na Terra em relação a controle, eu estou dizendo que alguns seres fazem a escolha de controlar, escolheram se reunir e utilizar seu conhecimento de criação para controlar determinados grupos de almas/seres fontes.

Agora, isto se torna mais fácil pelo fato de que a maioria dos seres controlados por eles não tem a menor pista de que isto está acontecendo e não é ou ainda não é capaz de realmente ver mais do que sua existência humana na Terra.

Isto não está acontecendo apenas no nosso universo, mas também está acontecendo em outros universos, então não pensem que nós somos os únicos que passam por isso.

Tal como conosco, humanos, que temos nossa própria personalidade, os seres espirituais também têm suas próprias personalidades. Então todos nós também fazemos escolhas diferentes.

Pensar que existe um Deus ou pelo menos um ser ou até mesmo vários seres no controle de tudo que está acontecendo em relação ao bem e o mal é um mito. Todos nós estamos no controle de nossas próprias escolhas e às vezes alguns seres fazem a escolha de controlar outros seres. Nessa questão o mundo espiritual não é tão diferente do mundo físico.

As pessoas na Terra podem ser orientadas para certas direções e crenças e isto pode acontecer no mundo espiritual também. A única diferença é que é mais fácil escapar do controle no mundo espiritual do que no mundo físico.

Pensar que tudo é amor, luz e paz no mundo espiritual é uma ilusão, pois há muitos seres nele que ainda estão aprendendo, como todos nós estamos, em todo momento.

Nós praticamente não temos ideia de como é ser apenas energia ao invés de ter um corpo físico.
E, no final das contas, as experiências que temos ainda são traduzidas através da mente humana.

Muitas vezes vemos que as experiências nem são as nossas, pois ainda não aprendemos a realmente ver qual é a nossa experiência e qual é a de outros seres quando entramos em um campo de energia a que não estamos acostumados e não aprendemos ainda como traduzi-lo apropriadamente dentro da mente humana.

Nesta época nós vemos muitos, principalmente jovens, nos contarem bem entusiasticamente que eles são a encarnação de grandes seres. Eles estão aqui para fazer coisas incríveis tal como esses seres e que eles descobriram todo o conhecimento. E eles pensam que têm tudo que é necessário para fazer tudo acontecer.

A maior parte disto se dá porque eles realmente não têm muita experiência a respeito do que e como traduzir as energias que eles estão encontrando dentro e também fora de sua própria consciência.

Muitos deles acabaram de despertar para o fato de que existe um mundo espiritual e começaram a ler algumas das mensagens. Eles leem mensagens que falam sobre mudanças, amor e luz e, visto que eles realmente na maior parte do tempo ainda não têm toda essa experiência como humanos, como esperar que eles verdadeiramente vejam através de tudo o que está por aí?

Muitos desses jovens querem ver a mudança acontecer e estão bem entusiasmados quanto a ajudar na mudança. Agora, eu não estou dizendo que os trabalhadores da luz mais antigos são melhores. Há muitos trabalhadores da luz mais antigos que estão travados dentro de determinados sistemas de crença também. E por mais antigo não me refiro à idade, mas refiro-me à quantidade de tempo que ele dedica à pesquisa e à interiorização.

O fato é que muitos desses jovens realmente não passam muito tempo interiorizados pesquisando dentro de si o que é e o que não é verdade.

Eu sei por mim mesma, levou-me muitos anos de pesquisa interior e eu mal arranhei a superfície do que está acontecendo. E eu tenho explorado muito do que há por aí.

Tenho contato com muitos seres e tenho visto as lutas que estão acontecendo em nosso universo e outros universos.

Passo por estágios de confiar em certos seres para depois descobrir sua real agenda.

Isto me faz ir mais e mais para dentro a fim de encontrar um espaço onde eu possa ser capaz de ver a verdade por trás de toda verdade que está por aí.

Eu tenho aprendido a não ter ideias preconcebidas do que está acontecendo, a não ter quaisquer expectativas sobre o que pode acontecer. E tenho aprendido a deixar ir tudo o que eu pensava sobre mim e sobre os outros e também sobre o que está acontecendo para descobrir o que realmente está acontecendo.

É um meio de encontrar o que está dentro de mim, pois tudo já está dentro de mim.

A parte mais importante é liberar o medo de estar errado, liberar todo apego ao que você sabe em um momento, pois a única coisa que é certa é que o que você sabe com certeza em um momento também pode mudar em um momento.

Despertar não é algo que acontece e aí você sabe tudo.

Despertar é um processo que leva tempo, pois há uma necessidade de traduzir para o humano, e também leva tempo entrar mais e mais fundo no seu interior cada vez que você explora.

E, conforme você se aprofunda mais em seu interior e encontra mais respostas, você tem que deixar ir a ideia dessas respostas serem definitivas, pois sempre há mais por detrás de cada resposta.

Você tem, também, que liberar todas as crenças e ensinamentos que o tem levado uma, duas ou mais vezes a determinados pontos em sua vida.

Isto significa liberar o que você pensa estar acontecendo na Terra, o que lhe disseram estar acontecendo na Terra e até mesmo o que você experiencia que está acontecendo na Terra a cada momento.

Você nunca para de olhar lá dentro, nunca para de pesquisar lá dentro e você nunca assume nada como verdade até você alcançar o ponto onde não resta nada, somente a verdade.

Você não acredita em nada que é dito a você por algum ser até você poder verificar dentro de si o que foi dito e isto significa você realmente encontrar o espaço onde a verdade não é nada além do que a verdade.

Como humano, fazer isso é praticamente impossível já que nós, como humanos, temos que traduzir tudo para a nossa experiência humana e isto influencia muito do que nós vemos como verdade.

Como humanos, nos dizem para mantermos determinada visão daquilo que queremos ver acontecer.

Para mim, eu acho que nós temos que deixar ir toda visão do que nós queremos ver acontecer e descobrir o que precisa acontecer internamente, no nosso nível mais profundo. Para mim este é o nível fonte e dentro deste nível fonte ainda há muito para explorar sobre o que é e o que não é verdade.

Nós temos que pesquisar cada pequena partícula de energia que está dentro de nós. E isto é como procurar uma agulha no palheiro, pois leva tempo para nós, humanos, aprendermos como traduzir pela mente humana cada pequena partícula de energia.

E, definitivamente, não ajuda termos seres que nos passam informação que nos afasta muito da pesquisa interior.

Esta é uma coisa que meus guias sempre fizeram: eles sempre me ensinaram a interiorizar de muitos modos. Às vezes era divertido e às vezes não era, mas essa orientação é para mim a parte mais importante para eu me interiorizar mais e mais e nunca assumir algo como verdadeiroaté que eu possa encontrar dentro de mim a verdade para aquele momento.

Outra coisa que eu gostaria de mencionar é que ter uma vida difícil ou não, como humano, não significa que você sabe mais ou menos sobre a vida espiritual do que os outros.

Todos nós teremos que aprender sobre o mundo espiritual do nosso próprio modo e tudo que posso dizer é: deixe ir o que você sabe e o que lhe dizem, e apenas mantenha-se movendo para seu interior para experimentar mais e mais de sua vida espiritual.

Nunca pare de pesquisar para encontrar mais.

Agora, em relação a expandir sua consciência, eu estou surpresa com o fato de haver tantas pessoas por aí que não experienciaram isto. Com todos os trabalhadores de luz, quando alguém posta uma mensagem sobre essa experiência, eu vejo reações de pessoas que acham isto surpreendente e que dizem ter esperança de experimentar.

Eu leciono todos os dias e todos meus alunos têm essa experiência. Isto é algo que pode ser atingido pela interiorização ou durante a meditação ou através de outros métodos.

Eu mesma não uso mais meditação, porém isto se dá mais pela experiência e por conseguir permanecer interiorizada e manter minha consciência expandida.

E uma vez alcançado este estado expandido, comece a pesquisa. Não fique ali. Não pense que naquele momento você alcançou o máximo. Comece sua exploração interior.

Sim, pode levar algum tempo para você realmente ver ou até sentir, mas é possível para todas as pessoas.


www.ascendedmasters.org 
Tradução para os Blogs SINTESE e DE CORAÇÃO A CORAÇÃO: 
Selene - sintesis@ajato.com.br
http://blogsintese.blogspot.com/ 
http://stelalecocq.blogspot.com/ 
Respeite os Créditos