domingo, 1 de abril de 2012

VALE A PENA LER DE NOVO - TOBIAS - TECNOLOGIA STANDARD



TECNOLOGIA STANDARD
O MATERIAL DE TOBIAS

Série do Professor:
SHOUD 2: "Tecnologia Standard"

Apresentando Tobias,
Canalizado por Geoffrey Hoppe
Apresentado ao Círculo Carmesim
2 de Setembro de 2006
http://www.crimsoncircle.com/




E assim é, Queridos Shaumbra, que anunciamos esse encontro do Círculo Carmesim no planeta Terra e introduzimos hoje as energias do Conselho Carmesim. Reunimos e fundimos os dois para esse segundo Shoud da Série do Professor.

É um prazer para mim, Tobias, estar de volta aqui com vocês e acompanhado hoje – um à esquerda de Cauldre e outro à direita, enquanto eu estou bem no centro – estou acompanhado por Saint-Germain e Kuthumi lal Singh (aplausos de boas-vindas). As energias dos dois fazem parte dessa reunião tanto quanto a minha e a de vocês.

Vou estar transferindo a energia através das palavras, junto com Cauldre, mas como sabem essas palavras são suas. São seus pensamentos. É o seu coração. Este Shoud é seu. Estamos aqui em apoio ao trabalho que estão fazendo. Estamos simplesmente partilhando com vocês esta incrível aventura, a aventura que os tem levado nessa longa viagem – mas, ainda assim curta – de Casa, trazendo-os por todo o caminho até esse ponto.

Tenho que tecer alguns comentários sobre a apresentação mais cedo (referindo-se a Apresentação de slides durante a Introdução). Primeiro de tudo, na foto, nas cadeiras no lago era realmente eu, Tobias e Saint-Germain. Enquanto a foto era tirada, nós fizemos a pose apropriada (risadas). Estávamos realmente relaxando e curtindo um dos nossos charutos etéreos, os quais a propósito não fazem mal a sua saúde (risadas). E Kuthumi estava na água nadando (muitas risadas). Ele não resistiu – tinha que pular.

Então nos reunimos aqui hoje e ao iniciar esse Shoud queremos introduzir também a energia de seu Correspondente, do qual Saint-Germain falou na Conferência de Verão, o ser designado a você, que está a seu serviço – que escolhe servir você – nesse papel incrível de Professor para o qual estão seguindo agora.

O Correspondente não é seu guia, isso é coisa do passado. O Correspondente não é um "runner". O "runner" tem um tipo de trabalho diferente que é o de manter um constante equilíbrio de energia entre o humano e o divino e os níveis etéreos. Os "runners" estão constantemente lançando energia de cá pra lá. Um Correspondente tem um tipo diferente de trabalho –considere-o seu assistente executivo.

Agora, o Correspondente não faz sua cabeça. Não dá a direção. O Correspondente não é nem mais inteligente ou divino nem mais sábio do que você. Eles estão aqui para servir a suas necessidades. E também para ajudar a levar, conduzir as energias de sua consciência e de sua sabedoria de volta ao reino angélico e a sua família espiritual.

Seria muito difícil pra você o trabalho de ensinar sua família celestial enquanto está concentrado na sua humanidade na Terra. Você faz partes desse trabalho quando viaja nos sonhos, quando você... Às vezes você pensa que está assistindo seu programa de televisão e está tão longe, (dá uma risadinha) está em outro lugar. Você já percebeu quando alguém entra na sala e diz “Ei, o que aconteceu?” Mesmo que você esteja olhando pra tv, não tem uma lembrança consciente do que estava fazendo.

Esses Correspondentes ajudam a levar uma consciência de volta as suas famílias espirituais. Os Correspondentes também trazem um tipo de informação ou consciência de volta a você. Não vamos chamá-la energia porque é mais uma informação. Eles trazem novidades de outros reinos.

Agora, quando trazem de volta, quando introduzem essa informação em sua realidade tridimensional, essa informação tem que ser traduzida – pelo menos temporariamente – traduzida em algo definível e compreensível a sua mente humana. Então quando eles trazem pra vocês cestas repletas de maravilhosa informação, um pouco dela – como dizer – se perde na tradução. Não desaparece; não some. Apenas fica numa região levemente alterada, esperando o momento em que você esteja mais capacitado a entendê-la através do elemento gnost (*), dos sentimentos, de sua inteligência divina.

(*) Nota Stela: "Gnost - Vamos acrescentar mais um elemento que faz parte de nós. Muitos não compreendem ou nunca ouviram falar. Muito chamam de “gnose”, mas, esta é outra história. É a energia do quatro em nós: GNOST. É o nosso potencial criativo ou solução criativa que está além da capacidade da mente. É a quarta perna que completa a nossa cadeira humana: mente, corpo, espírito e gnost. Não há como definir o gnost, e sim, senti-lo e respirá-lo para dentro de nós. É aquele algo mais que não sabemos como definir, mas que faz parte da nossa vida de forma criativa e natural."
Fonte: http://vidashaumbra.com.br/novo/para-quem-nao-conhece/ 

Às vezes, vocês podem sentir essa informação que está retornando. Algumas vezes é uma informação muito específica sobre sua família espiritual. Outras vezes, é informação muito específica, notícias sobre o que está acontecendo em realidades não físicas. E, às vezes é uma informação muito pessoal para você. De uma certa maneira, vocês poderiam dizer, informação vindo de seu eu divino, daquela sua parte mais íntima, mas que às vezes, em sua concentração humana, você esquece. Então o Correspondente vai ajudar também a introduzir a informação.

Correspondentes foram convidados a essa reunião e por enquanto, Shaumbra, assuma que você tem apenas um. Vamos trabalhar com isso enquanto prosseguimos como Professores, mas nesse momento, apenas um – pelo menos um Correspondente.

Gostaríamos que vocês sentissem a energia de seu Correspondente hoje.

Então, tome um momento.

Como você se sente?
Bem, permita-se.
Respire profundamente para começar a sentir suas energias sensoriais.
Inspire profundamente.

Cada um de vocês – aqui, hoje em pessoa, ouvindo, ouvindo em algum ponto no futuro – seu Correspondente está entrando nesse momento. 

Assuma também que eles não têm corpo físico ou mesmo algo parecido a um corpo físico. Vai ser muito mais fácil trabalhar com eles se não associá-los a atributos físicos humanos. São entidades. Têm uma assinatura única. Alguns de vocês talvez sintam cores ou tons, isso porque alguns de vocês estão abrindo esses centros dentro de si mesmos. Eles são seres espirituais como vocês. Apenas não são seres humanos.

Eles levam um nome. Levam um tipo de - o que vocês chamariam - vibração ou ressonância que é um nome. Eles vão falar com vocês agora, uma fala de anjo. Não em palavras humanas – uma fala-anjo. Alguns de vocês podem não escutar uma palavra. Podem sentir uma coisinha ou algo grande. Eles não desejam veicular um nome humano embora vocês possam ser capazes de percebê-lo ou traduzi-lo em um alfabeto ou vocabulário humano.

Então inspirem profundamente enquanto grupo...

Vamos pedir que eles ressoem para vocês, dizer seus nomes-anjo para vocês... Não forcem.
Não é o espaço mental. É um espaço para seu coração e sua confiança.

(Pausa)

Agora, inspirem essa ressonância. Inspirem seu nome, seja uma percepção específica ou não. Agora, tenho que ralhar com alguns de vocês. Vocês estão duvidando do nome. Estão em dúvida sobre o nome, seu cérebro está no meio do caminho. Voltem ao que eles partilharam com vocês no início, aquela sensação, aquele sentido.

Alguns estão dizendo, “Mas senti um pouco de medo. Não poderia ter sido meu Correspondente”.Oh, sim poderia. Porque há camadas de proteção que você colocam a sua frente – elas são como um sistema de bandeira vermelha – que algumas vezes filtram ou evitam que energias externas entrem. Mas vocês estão num espaço seguro agora (*).

(*) Nota Stela - o espaço seguro se forma à nossa volta quando respiramos conscientemente.

Não vamos deixar que nenhuma entidade do mal entre e se alimente. 
Reconheçam que vocês criaram esse espaço seguro.

Então o primeiro sentimento que apareceu é apropriado.
Esse é seu Correspondente – seu assistente executivo angélico.

Seu Correspondente vai se ligar a você. Eles têm feito isso no último mês de uma maneira gentil e lenta para não invadir sua energia. Mas agora eles vão se ligar bem a vocês.

Os Correspondentes não estiveram na Terra antes. Isso permite que atravessem mais facilmente as dimensões. Se o seu correspondente estivesse na forma física, teria uma tendência a ficar travado e até a voltar pra cá na forma física.

Seu Correspondente é um ser que você conheceu anteriormente. Serviram a vocês antes em algum nível, em algum reino. Muitos deles estão a serviço no Círculo Carmesim, e formam a ordem angelical de ensino. Alguns de vocês os conhecem de outras experiências e investidas em outras dimensões não físicas – um amigo, talvez um parceiro por um tempo.

Todos aqui, ouvindo ou lendo: vocês estão nessa experiência agora. Simplesmente pedimos que confiem em si mesmos, que isso é tão real quanto a camisa a suas costas, as meias em seus pés, a cabeça em seus ombros.

Então inspirem profundamente e dêem as boas-vindas ao seu Correspondente, chegando em sua vida.

Agora, os Correspondentes adorariam bater-papo com vocês. Eles não falam uma língua humana. Não estudaram japonês ou inglês – ou mesmo australiano – a esse ponto (risadas). Vão falar na língua-anjo e você conhece a língua-anjo. Na verdade há uma palavra mais específica para ela, mas não vamos usá-la agora.

Você conhece a língua-anjo. Você a usa à noite em seus sonhos, toda noite. Então ela não é totalmente desconhecida a você, é apenas estranha a sua parte humana tridimensional. A fala angelical não pega pensamentos e – como dizer – os digita. Não degrada um padrão de pensamento. Não degrada um nível de vibração. A língua-anjo não é uma série de palavras soando estranhamente que você poderia associar a sua língua humana.

A fala-anjo é um manar, um fluir. Às vezes é um ritmo, um padrão, uma corrente. Às vezes você pode percebê-la como música, mas até mesmo isso é limitante porque ela não tem uma estrutura musical. Apenas é, e você a conhece bem, então não vamos insistir numa definição. A fala-anjo é o saber. É como nos comunicamos neste nível uns com os outros, e é como você se comunica conosco quando está aqui durante o sono ou entre uma vida e outra.

Seu Correspondente vai estar trabalhando com você no saber-sentindo da fala-anjo. Seu Correspondente vai ajudá-lo no trabalho de ensinar. Seu Correspondente vai especialmente ajudá-lo nos níveis mais altos de consciência. Vai ajudá-lo inicialmente a quebrar camadas e filtros que ainda então aí. Isso é natural – todo momento que você tem uma experiência humana, você utiliza esses velhos filtros e camadas. O Correspondente vai ajudá-lo a remover alguns deles.

Você já liberou muitas dessas camadas e filtros nesses últimos anos, mas ainda há alguns que são muitos difíceis de detectar por conta própria. Então eles vão ajudar nisso. É um processo indolor. Algumas vezes é um processo irritante porque você está muito acostumado com esses filtros. Mas tudo pode acontecer fácil e rapidamente, se você entender que são remanescentes do passado e que não são mais necessários.

Seu Correspondente vai trabalhar com vocês particularmente na introdução do que chamariam suas energias próprias superiores, as quais vocês necessitarão e desejarão no novo tipo de trabalho de ensino que vão realizar.

Um Correspondente foi designado para servi-los e, algumas vezes, ele vai dar uma sacudida em vocês, talvez para dizer que vocês estão se limitando. Vão lembrar vocês de sua paixão. Vão lembrar vocês de seu próprio espaço energético. Então vai haver momentos em que eles serão um pouco duros, mas tudo isso foi combinado com vocês e acordado por todos que trabalham no Conselho Carmesim.

O Correspondente não vai manifestar coisas na Terra para vocês. Eles são especialmente proibidos disso porque VOCÊ VAI estar manifestando. VOCÊ VAI estar criando. Como professor, você vai ser o maior exemplo para seus alunos. Então quando vocês pedirem que façam algo a nível material pra vocês, eles vão recusar. São proibidos de fazer isso. Doce e gentilmente vão sugerir que vocês façam por si mesmos.

Eles vão trazer energias muito importantes – de lá pra cá e de cá pra lá. Estarão diretamente conectados a vocês em seu estado de vigília - em seu estado consciente – e com o Conselho Carmesim nos reinos angélicos. Você vai perceber que onde antes sentia uma separação entre sua realidade humana e, o que chamariam, o reino angélico, o Correspondente vai ajudar a fazer a ponte até o ponto onde você possa fazer por si mesmo, sem esforço, sem emendas indo e voltando entre o físico e o não-físico.

Em algum momento, poderá haver outros Correspondentes entrando, mas eles, num certo sentido, usando palavras humanas, se reportarão a seu primeiro Correspondente.

Então eles se reúnem conosco hoje, neste encontro para criar um elo de suporte forte e amoroso. Estão aqui para servi-los. Lembrem-se, toda energia está aqui a seu serviço. O Mestre... Como diz Saint-Germain, o Mestre permite a energia servi-lo, assim como você pode permitir que seu Correspondente o sirva.

Agora, chegamos a essa coisa toda – muitos de vocês, Shaumbra, têm isso – de não deixar NINGUÉM servir vocês. De um ponto de vista espiritual isso não faz nenhum sentido. Mesmo a pessoa que aparece pra limpar sua casa está servindo você porque quer. Ela não precisa fazer isso. Não é servilismo, você não tem que considerá-la como sendo de um nível inferior ou superior a você. É apenas energia escolhendo servir. Alguns de vocês relutariam em pedir a outro ser humano para fazer algo por vocês. Mas, Shaumbra, entenda que há muitos, muitos que QUEREM servir você. Isso não o coloca como mestre deles, apenas o torna um mestre, entende?

O mesmo acontece com seu Correspondente, ele está aqui para servi-lo. Está aqui para servir você, então permita que o faça. Converse com ele. Diga-lhe quais são suas necessidades. Mais uma vez, não do ponto de vista da criação humana, mas de uma perspectiva mais ampla, apaixonada e de professor. Faça-o ver de uma maneira precisa o que você espera, o que você quer. Estabeleça uma relação, um elo com ele e entenda que você é o Mestre. Você é o Mestre.

Se você não usá-lo, ele irá embora. Irá para outro Shaumbra, outro humano que precise de um Correspondente. Se você não usá-lo, ele vai ficar muito entediado, não estará fazendo seu serviço, irá embora. Então é sábio a cada dia, seja pela manhã, à tarde, a qualquer hora conversar com seu Correspondente, e novamente, na língua-anjo não em palavras humanas.

Conheça-o bem e vai começar a estabelecer um padrão muito interessante com ele. Você vai criar com ele. Ele vai ajudar em suas criações a cada dia. Eles estão aqui para servi-los. Usem-nos. Eles foram especialmente treinados para esse tipo de trabalho e estão aqui agora. Então vá em frente e dê-lhe um grande abraço. Faça-o saber que é bem-vindo a sua escola. Dê a ele as boas-vindas a sua realidade aqui na Terra.

(Pausa)

E, a propósito, é muito difícil ofender um Correspondente.

Haverá momentos em que você – como dizer – pode ficar com raiva, xingar um pouco e o que quer que você faça, você pode dizer que eles são cheios de... “Sei lá o quê”. É muito difícil ofendê-los. Eles compreendem. Foram treinados para entender o que você está passando como humano na Terra. Estão emocionados com o que você está fazendo. Estão admirados por um ser espiritual poder incorporar-se na matéria física. É muito difícil ofendê-los, são imunes à crítica! (risadas).

Então, Shaumbra, agora que entramos em detalhes sobre esse Shoud... Eu prometo que hoje não vou contar pequenas histórias (risadas) ou histórias longas... Vamos falar por um momento... Vamos falar por um momento sobre ocupação. Sobre ocupar-se. Saint-Germain, Kuthumi e eu... TODOS rimos de vocês! (risadas).

Uma das coisas mais engraçadas de se ver é sua atividade toda, correndo pra cima e pra baixo, tentando preencher cada minuto de seu dia, pensando que se não estiver ocupado, você não está fazendo o que se supõe que deva fazer. Achando que sempre tem que ter mais do que o suficiente de atividade em seu “prato” para justificar sua existência.

Ocupar-se se tornou o novo - como dizer – o novo sobrepor-se (competição) aos outros humanos, “Eu sou mais ocupado que você, portanto sou mais importante. Sou mais ocupado do que qualquer outro, portanto todo mundo tem que parar o que está fazendo e me dar atenção”.

Bem, isso tem que acabar, Shaumbra. Isso precisa acabar porque é basicamente um “ficar ocupado”, deixar sua energia quicar pelas paredes. Sim , eu sei, eu sei, você está me dizendo nesse instante que tem um tantão de coisas que precisa fazer. Quem diz? Quem diz? (risadas)

Você diz, “Bem Tobias, você nos disse que temos todo esse trabalho pra fazer”. Mas eu não disse que você tem que ficar ocupado o tempo todo. Não disse que você tem que dar duro. Não disse que você tem que exaurir sua fonte de energia, seu corpo, sua mente e seu espírito.

Essa é uma coisa muito comum entre os humanos e vai se tornar cada vez mais comum em sua sociedade. Quando as coisas começam a ir mais rápido, quando a energia aumenta em velocidade as pessoas começam a aumentar a velocidade também.

Você já viu um hamster em sua roda? É um tipo de energia que combina com essa. Quanto mais rápido ele vai, mais rápido gira a roda. É o mesmo com a Nova Energia. Quanto mais rápido a roda vai, mais rápido os humanos tentam ir. Até o ponto em que você se detona ou fica doente e aí você para por um momento e percebe, “Mas o quê que é isso? Por que não usei o gnost?”

Você vê, gnost é a antítese do ocupado. Eles são opostos. Você pode ou ser gnost, ou ser ocupado. Gnost cuida de tanta coisa pra você. Cuida de todas essas ocupações e corre-corre. Gnost traz a energia a você. Gnost simplifica as situações mais complexas. Use gnost. Como está escrito na camiseta da querida Jean: “Você tem gnost? Devia ter – é uma coisa boa!"(risadas).

Os humanos ficam ocupados por uma ampla variedade de razões. Acham que têm que estar ocupados. Seus pais, professores, empregadores lhes disseram que têm que estar ocupados o tempo todo. Mas a razão verdadeira é que os humanos ficam ocupados porque não querem ter que dar uma olhada na realidade de suas vidas.

Então ficam ocupados. Isso evita que eles tenham que olhar para as coisas. Eles se justificam dizendo, “Estou ocupado, portanto devo estar fazendo meu trabalho. Eu mereço estar aqui na Terra”.

Os humanos usam o "ocupar-se" como uma desculpa para não olhar para seus corações, para seus desejos e necessidades. Usam o "estar ocupado" para não olhar para a beleza da vida. Usam o "estar ocupado" para não olhar a beleza de seus espíritos. Então estão sempre ocupados correndo por aí, indo de lá pra cá, e o único momento em que param é quando estão totalmente exaustos no fim do dia.

Shaumbra, você não tem mais que ficar ocupado e não precisa mais dar duro. Trabalhe seu gnost! Seja gnost! Gnost é uma energia linda. É sua. Ela não vem do correspondente, não vem de ninguém mais, sempre foi sua. É a resposta. É a simplificação para qualquer situação.

Ao usar gnost ao invés do ocupar-se, você vai se tornar muito mais eficiente. Saint-Germain se arrisca a dizer que... Tenho que checar aqui com ele... 92,5% (risadas) de sua energia é ineficiente, é desperdício absoluto. Usando gnost, você vai se tornar muito mais eficiente e, como Kuthumi, vai se tornar muito mais simples. A vida ficará muito mais fácil.

Agora você vai entrar num dilema quando isso acontecer. Você vai dizer pra si mesmo, “Agora o que é que eu faço? Estou com tempo extra, tudo está simplificado em minha vida, e agora... O que é que eu faço?” 

Fazemos essa pergunta a você, querido criador e querido professor: O que você gostaria de fazer agora que tirou o "ocupar-se" do caminho? E sobre sua paixão? E a razão real de viver? E a alegria de trabalhar com outros humanos cujas vidas ainda estão caóticas, ocupadas e confusas – tipo assim como a sua costumava ser. Que acha de trabalhar com eles para ajudá-los a simplificar, ajudá-los a entender?

Com toda essa energia eficiente extra que você tem, você será capaz de criar. Às vezes sabemos que reclamam com a gente, “Mas Tobias, você fala de criação, fala sobre esses criadores pródigos e nada acontece”. É que você está ocupado demais. Você está ocupado demais, as energias não têm como chegar a você e você não tem como ser eficiente em sua energia criadora.

Você devia usar gnost todo dia, conscientemente. Vou estar numa sessão especial sobre gnost (*) (referindo-se a sessão “Pergunte a Tobias”), mas demorei-me um pouco porque queria que vocês trabalhassem com ela.

(*) Nota Stela -"Gnost – Nenhuma Caixa de Ferramenta seria completa sem seu gnost. Como definido por Tobias, gnost é a “solução criativa”. Ou, solução criativa em vez de solução mental. Gnost entra em jogo quando você fizer uma respiração profunda (veja Ferramenta #1) e Permanecer Atrás da Mureta (veja Ferramenta #2). Nos lembram que todas as soluções potenciais já estão disponíveis. Gnost traz o mais criativo dos potenciais, aquele que serviu melhor a você e a situação. Mas não chega pela mente. Vem pelo coração e compaixão e confiança. Muitas vezes não estamos cientes do Gnost em Trabalho (GET) porque nos ainda estamos olhando nos lugares de velha energia para soluções mentais. Ou estamos pedindo para algum anjo dourado ou guia espiritual fazer isto por nós. Resposta Errada. Seu gnost pessoal já tem a sua resposta. Você a criou nos puros reinos cristalinos. Agora respire-a para dentro desta realidade e deixe-a florescer". -  Aconselho a leitura da mensagem: O Que Está em Sua Caixa de Ferramentas da Nova Energia?

Você diz, “Mas o que é ela? Onde está? Como posso achá-la?” Você não pode. Você pode apenas usá-la. Pode trazer a gnost a qualquer situação em sua vida. Ela é parte de você. É um tipo de... É engraçado, é como dizer, “Mas como posso colocar meu corpo numa situação física?”Bem, ele está numa situação física. Você simplesmente permite a seu corpo participar no que quer que esteja fazendo. É o mesmo com gnost.

Gnost esteve escondida por um longo tempo, por muitas razões. 
Gnost é energia criativa e solução, e é sua. 
É sua. Você a possui, então comece a chamá-la.

É um pouquinho parecido com seu correspondente – se você não o chama, ele vai se esconder. Não tenha medo de trabalhar com a gnost, você não tem como errar com ela. Gnost não é uma coisa como as energias de força com as quais está acostumado a lidar. Às vezes, você tem medo das energias de força porque elas podem acertar você, então você fica longe delas. Gnost não é assim.

Ela não é derivada de qualquer base de força, não tem atributo negativo e positivo. Não é sequer parte da dualidade, mas é tão... VOCÊ é tão esperto, mesmo que gnost não seja parte da dualidade, ela sabe como trabalhar dentro da dualidade. Ela é a simplificação, a solução de problemas.

Mantenha sua gnost muito aberta e livre. Não tente ser específico dizendo, como o exemplo dado mais cedo por Cauldre, “Eu preciso de R$ 200,00, então gnost pra mim.” Assim estará limitando uma força ilimitada. Dessa maneira estará delimitando em demasia. Por que você desejaria fazer isso?

Gnost atenta e resolve tudo como, por exemplo, a questão da abundância. E mais uma vez, não tenha expectativas de como ela fará isso. Ela pode fazê-lo de maneiras muito interessantes. Talvez um envelope apareça a sua porta – essa é a maneira mais óbvia. Ou talvez gnost entrará e ajudará você a remover as questões que tenham mantido você longe da abundância – auto-estima.

Auto-estima. Assim a gnost – a solução – pode vir e bater em sua cabeça em relação a sua auto-estima, a fim de que você se livre dessas barreiras de maneira que o fluir da abundância aconteça em sua vida. É assim simples.

Shaumbra, livre-se do "ocupar-se".

Vamos lembrar você – e seu correspondente vai ficar lembrando você – se você ficar muito ocupado, você está sendo ineficiente.

Então é hora de inspirar profundamente e introduzir gnost – sua gnost, não a de outra pessoa – deixe a gnost trabalhar pra você, dirigir e tornar sua situação muito mais eficiente. Muito mais. Continue a usá-la diariamente. Em 30 dias, Shaumbra, sua energia irá de 92,5% de ineficiência para cerca de 73,1% de acordo com Saint-Germain. (risadas) Os números são dele. Saint-Germain adora ser específico. (a audiência troça)

Se você usá-la todo dia, vai se ver com energia eficiente e as pessoas vão notar. Vão perceber o brilho em você. Vão perceber uma simplificação. Notarão que você não é mais tão loucamente complexo. Irão perceber um jeito relaxado em você. Então voltaremos a falar sobre isso mês a mês – sobre seu ocupar-se e sobre usar a gnost.

Lembre-se, eles são opostos.
Ocupação é complexa, geralmente caótica e em geral é uma negação.
Gnost é a solução. 


Temos duas coisas hoje pra discutir com vocês – seu Shoud, seus dois pontos. Um refere-se a seu trabalho como Professor, o outro é pra você pessoalmente. Ambos são profundos, ambos são gnost e simples. Eu digo que são simples porque você vai entender, Shaumbra, mas não tente ir atrás de outros que não passaram pelo que você passou nesses anos. Eles vão olhar pra você de um jeito muito estranho, mas esses pontos são muito simples.

O primeiro ponto é sobre seu trabalho como professor e o trabalho com os outros. Vamos dar a você uma solução bem gnost, ou resposta, que vai trazer paz ao mundo; que trará harmonia; é a coisa mais fácil que poderia ser feita. Não sabemos ao certo porque isso não foi apresentado antes, mas talvez os humanos não estivessem prontos para isso. É incrivelmente simples e extremamente eficiente.

Quando vocês estiverem trabalhando com seus estudantes, entendam, não importa o quê... Vocês podem jogar fora toda a velha psicologia, toda a filosofia, todo o ‘auê’, tudo mais... E entendam que há apenas um problema com os humanos. Eles entregam, dão seu poder a outros.

Agora, se os humanos não fizessem isso, não haveria guerras. Se os humanos não fizessem isso, vocês não teriam todos os conflitos, toda essa treva se alimentando. Não teriam toda essa dor.

Os humanos rezam todo dia. Nós ouvimos todas, infelizmente (risadas). Eles oram por tudo quanto é tipo de coisa e às vezes a gente balança a cabeça, às vezes choramos, e de vez em quando rimos. Eles sofrem muito e choram para Deus dizendo, “Querido Deus, por que você está fazendo isso?” E, o querido Deus, antes de tudo, diz, “Eu Sou você”, e acrescenta, “Você Me deixou ir, Você me deixou. Como posso ajudá-lo quando você Me deixou?” 

Os humanos desistem de seu – vou usar a palavra aqui, para começar – poder, embora poder seja uma ilusão. Ele não existe. É uma fabricação. A palavra “poder” tem a conotação de algo muito forte que tem movimento e direção, mas poder é uma mentira. Não existe. Foi criado como algo no tecido da consciência humana.

Colocado ali, incrustado ali, hipnotizado ali de maneira que os humanos acreditassem nessa coisa chamada poder, e ao acreditar no poder, eles se tornam seres sem poder, despojados. Não há poder. Não existe poder. Mas os humanos acreditam nele, então usarei a palavra "poder". Entretanto, uma representação mais acurada seria as palavras “equiliíbro de energia”.

Todos, toda entidade, todo ser humano ou não tem um equilíbrio de energia muito específico. Se você toma tudo sobre a entidade – por exemplo, seu Correspondente – e dá uma olhada em todas as suas experiências, mesmo que jamais tenha sido humano, ele tem um equilíbrio energético muito específico. É um tipo de proporção, mistura ou combinação muito bem orquestrada pelo ser da entidade.

Tem uma ressonância especial que alguns de vocês vão sentir... Talvez na música, talvez na vibração, numa variedade de maneiras diferentes... Mas o equilíbrio de energia de uma entidade tem uma ressonância. Esse equilíbrio de energia vibra ou relaciona-se consigo mesmo de uma maneira muito harmônica.

No entanto, o que tende a acontecer com as entidades, especialmente entidades humanas é que elas começam por deixá-lo ir. Deixam ir seu poder, como vocês o chamariam, e começam a se deixar levar pelos outros. Agora, humanos fazem isso todo dia. Dão seu equilíbrio de energia para seus esposos (as), para seus chefes.

Oh, eles vão dar gritos e reclamar disso o dia inteiro – “Esse chefe é o maior filho da puta que já vi!” (risadas) – mas vão continuar a entregar seu equilíbrio energético, sua essência energética pra esse chefe. Estão jogando esse jogo nesse momento, e sabe o quê mais? O chefe se alimenta deles. O chefe está aceitando essa energia bem distorcida e remexida que vem do pobre empregado e se alimentando dela.

Os humanos – as entidades, mas especialmente os humanos – entregam seu equilíbrio energético o tempo todo. Os humanos o entregam a políticos e governos. Agora, não estamos sugerindo a anarquia, mas chamando a atenção de vocês para parar de jogar fora seu equilíbrio energético.

Vocês caem nessa coisa toda de que tem que obedecer uma lei. Você nunca viu a lei, viu? Você leu sobre essas leis? Como sabe sequer que elas existem? A maioria de vocês não as conhece.

Impostos. Agora... Linda, calma... (risadas). Não estamos dizendo que há nada de errado com impostos, mas vocês se entregam através dos impostos. Vocês acham que têm que fazer isso. Isso é dar parte de seu equilíbrio energético. Você detesta fazer isso. Você odeia. Alguns trapaceiam – o que é bem pior porque você está odiando e detestando e depois trapaceando. Você está realmente jogando fora seu equilíbrio energético. Você não tem que pagar impostos, e nós vamos entrar nisso numa sessão especial. Estão me pedindo que anunciem e anote ao pé da página: isso é coisa do Saint-Germain (muitas risadas), não de Cauldre.

Os humanos entregam seu equilíbrio energético numa base cotidiana. Dão seu equilíbrio por qualquer coisa. Sabem para quem eles dão seu equilíbrio? Para seus psicólogos e conselheiros, para seus líderes espirituais e seus líderes de igreja. Eles o entregam.

Se você estiver trabalhando com seus estudantes, não importa como venham a você ou por que estão aí, a primeira coisa que desejamos que você reconheça é que eles estão entregando sua energia. Lembra quem mais fez isso? Você? Você esteve muito nessa coisa e levou um tempo enorme para trabalhar isso com você, fazer você entender que não precisa fazer isso. Você não quer fazer isso, e afinal, não ajuda realmente a ninguém você entregar seu equilíbrio energético. Isso aciona toda uma cadeia de eventos que chamamos alimentação.

Quando você entrega sua energia, seu equilíbrio energético para outra pessoa, de repente você vai ficar com fome de energia. Vai querer pegar um pouco de energia, mas não está se sentindo realmente bem consigo mesmo. Não está se sentindo com valor, não se sente apreciado ou, mais do que tudo, não está se sentido equilibrado energeticamente. Então sai por aí e pega um pouco de comida energética suja. Você sai e rouba um pouco de energia de algum lugar.

Agora, você finge que é espiritual e jamais faria isso, mas peço licença pra discordar de você. Você faz isso o tempo todo. Você está constantemente roubando de outras pessoas. Você não chama isso de roubar, diz apenas que está tentando fazer a coisa certa... Você está tentando – vamos dizer – até ajudar alguém... Você está tentando melhorar. Você está roubando.

Uma pitada de Saint-Germain aqui!

Então, Shaumbra, entenda que seus estudantes, quando vêm a você, estão passando pelo mesmo processo, e se você os confronta de imediato, se você diz, “Vocês estão entregando sua energia, estão largando seu equilíbrio energético”, eles vão questionar e insistir em que você está errado.

Então ouça cuidadosamente, através de sua gnost, como colocar isso pra eles. Faça com que trabalhem em alguma coisa pequena. A propósito, é tão freqüente um cliente ou estudante vir a você com seus problemas sobre, vamos dizer, relacionamentos. Tem pouco a ver... É onde eles se concentram, é onde talvez eles dissipam a maior... Mas isso tem a ver com tantas outras coisas. Então comece pequeno com eles e os ajude a entender como estão entregando sua energia. Dê a eles um pequeno exemplo para que trabalhem, para ajudá-los a ver.

Comece, talvez, com a biologia deles – como de alguma forma estão dispersando sua energia física. Utilize um exemplo bem pequeno. Trabalhe com eles naquele pequeno exemplo, trazendo-o à tona, ao dizer “Você pode ter posse total de seus, por exemplo, seus olhos. Pode ter posse total?” Alguma coisa tão simples quanto seus olhos. Vamos dizer que eles tenham lindos olhos. Bem o resto de suas vidas é um caos, mas seus olhos ainda são lindos. “Você pode manter a posse sobre seus olhos?” 

Agora, isso soa meio estranho, mas é uma maravilhosa maneira de começar. Talvez tenham boas mãos, um bom cabelo – o que quer que seja. Encontre algo bem simples e use isso como exemplo de possuir – possuir o belo cabelo, os lindos olhos – ou o que quer que seja. Sua gnost saberá o que dizer a você.

Você pode se concentrar naquele exemplo pequeno e muito pessoal para ajudá-los a entender a diferença entre “entregar, "dar” e “partilhar”. Você vê com que freqüência os humanos abrem mão de suas energias. Eles podem partilhá-la e ainda assim possuí-la. Você pode partilhar a inteireza de quem é com todos os outros seres, mas não pode abrir mão de si mesmo, percebe. Uma diferença sutil, mas que faz uma diferença enorme no equilíbrio energético pessoal.

Então você poderia partir para outros exemplos. Não queremos dar muitos detalhes aqui porque desejamos que você trabalhe a sua gnost e as deles. Mas trabalhe de uma maneira simples para ajudá-los a entender como tornar-se dono de si mesmo novamente.

É isso o que você vem fazendo há sete anos – retornando ao direito de posse. Entrando novamente no modo criativo ao invés do modo vítima. Vítima é nada mais do que alguém entregando sua energia para outro alguémIsso é tudo o que está acontecendo, não importa a severidade ou gravidade da vitimização. Você está abrindo mão de si mesmo. Está entregando o poder para outro alguém. Está dando poderes ao ofensor, ao molestador.

Os humanos abrem mão de seu poder, de seu equilíbrio energético de tantas maneiras diferentes. Mencionamos as igrejas. Eles entregam sua energia a um Deus que eles não conhecem... Um Deus meio artificial, uma criação produzida pela consciência humana e pela religião... E eles entregam. “Mas Deus talvez não fique feliz com o que estou fazendo...” Eles abriram mão de seu equilíbrio energético porque são Deus. Quando começam a externar isso, estão abrindo mão de sua energia.

Eles dispersam sua energia com regras tolas que foram escritas num livro de dois mil anos atrás, o qual continuam a citar. Entregam seu equilíbrio de energia para algo que sequer ainda é aplicável. Não é, é uma história velha – uma história bem chata! (risadas). E eles ainda lutam por ela porque colocaram tanta energia e continuam colocando.

Pelo mundo todo – a fé cristã, a fé hebraica, a fé judaica – continuam a colocar seu equilíbrio energético nesse livro velho. Isso por si só cria outro tipo de energia que faz povos e países irem a guerra. E assim se perpetuam. Essa coisa toda de abrir mão cria uma comilança doida, um cenário de sugação de energia.

Então quando você estiver trabalhando com seus estudantes, a primeira coisa a entender, a base de todos os problemas, a raiz de todo mal para a humanidade e a razão das trevas na Terra: os humanos abrem mão de seu equilíbrio energético.

Por que fazem isso?

Bem, com freqüência ficamos imaginando (risadas), mas nós fomos humanos e entendemos. É um jogo engraçado. É interessante. Você entrega todo seu equilíbrio energético ou todo seu poder a fim de ter que encontrá-lo de novo. E quando tem que sair procurando por ele, aprende um bocado, um bocado de coisas – algumas muito difíceis, algumas bem desafiadoras – você aprende.

Você abriu mão dele a fim de sair para procurá-lo e quando o encontra percebe que ele estava ali o tempo todo. Você realmente jamais abriu mão dele. Quando você o encontra, descobre que ele tem mais sentido do que nunca. Você então vai entender as quatro palavras simples “Você também é Deus” de uma maneira nova, profunda e não-intelectual.

Os problemas do mundo poderiam ser solucionados amanhã de manhã se cada humano entendesse esse conceito simples. Tenho que dar uma boa parte do crédito por isso a Kuthumi. Uma coisa que ele descobriu em sua busca de si mesmo é que ele abriu mão de si mesmo a fim de ter que se re-encontrar. Mas sempre estava ali. Não havia necessidade de abrir mão. Preste bastante atenção quando trabalhar com seus estudantes.

Então vamos agora inspirar profundamente.

Convide sua gnost a entrar.

(Pausa)

Adoramos estar com esse grupo, adoramos visitá-los. Às vezes, queremos apenas dar uma escapada e contar uma pequena história (risadas) pra justificar nossa estadia com vocês, mas vamos passar ao próximo ponto. Um ponto muito profundo e muito específico, tão simples que vai causar um pouco de esforço porque vocês vão ter que dar uma olhada em seus velhos sistemas de crenças, seus sistemas de crença na consciência humana. Vão ter que olhar para os paradigmas. É muito simples e queremos que usem primeiro para si mesmos. Não vá ensiná-lo ainda. Queremos que descubra a simplicidade de seu funcionamento.

É chamada – graças a Saint-Germain – Tecnologia Standard (Tecnologia Padrão). Às vezes, em nosso lado também nos referimos a ela como tecnologia “espelho” ou “reflexiva” e seu princípio é muito simples. Vamos levá-lo primeiro através de uma experiência e depois vamos descrevê-la.

Sinta... E estamos dizendo aqui palavra “sentir” de uma maneira muito específica, não se trata de forçar... Sinta uma célula saudável em seu corpo. Qualquer célula – pegue-a. Sinta-a. Observe-a. Não tente mudá-la. Não fuja dela. Apenas sinta uma célula saudável. Sinta a ressonância.

Talvez tenha sido criada ontem ou anteontem. Sinta sua vitalidade. Estamos falando aqui... Não estamos falando de visualizar... Estamos falando de sentir, e sentir especialmente. Essa atividade não é mental, pedimos que sinta esta célula saudável em seu corpo. Está cheia de energia de força de vida. Esta célula saudável está aqui para servi-lo. É uma entre bilhões de outras, para servir a suas necessidades biológicas.

Sinta sua essência. Ela está aqui, ela tem uma tarefa, ela sabe o que fazer. Sabe como se inter-relacionar e se comunicar. Sinta como ela se comunica, esta célula. Você não precisa ter conhecimento científico. Sinta como a célula comunica-se consigo mesma.

(Pausa)

Respire e sinta como esta célula se comunica com outras células contidas nos órgãos, no sangue e no tecido de seu corpo. Esta célula saudável está em perfeita, perfeita ordem dentro da célula saudável está toda a informação sobre toda e cada célula em seu corpo – toda informação sobre cada átomo, sobre cada onda de energia.

Nesta célula está a informação sobre cada órgão, todo o cabelo, cada gota de sangue. Está tudo contido nesta célula, e esta célula pode se comunicar eficientemente com cada outra célula, cada órgão e cada parte de seu corpoEsta célula que você está sentido agora é saudável e feliz, e sabe o que deve fazer. Ela é uma célula padrão, percebe. É um modelo para cada outra célula – para cada parte de sua biologia viva.

Esta célula que tem essa maravilhosa energia de vida e uma energia saudável pode, se você permitir, se comunicar com cada e todas as células em seu corpo. E pode enviar uma radiante Tecnologia Standard (padrão) que diz, “Eu sou saudável, eu sou vital. Estou aqui servindo ao Mestre” – que é você – “E você pode fazer o mesmo”. Assim, se você permitir, toda célula pode ouvir isso.

Essas coisas estão acontecendo independentemente de você, mas você não as deixa se manifestarem. Você faz uma barreira ou uma parede que não deixa isso acontecer. Mas agora você vai pô-la abaixo, se quiser, e vai permitir que esta célula modelo se comunique agora com todas as outras células sobre saúde e harmonia, sobre deixar fluir a energia da força de vida.

Cada célula, cada filamento do DNA, cada parte de seu ser biológico pode ouvir isso. Permita. Deixe acontecer. Deixe esta célula modelo se comunicar com todas as outras células e cantar sua canção de saúde, de vida.

Isso é para você, Shaumbra, e isso é curar.

Esqueça tudo mais, a não ser é claro que queira tornar a coisa complexa. Isso é cura. Você vê, chamamos de cura reflexa ou mesmo cura espelho porque as outras células em seu corpo podem pegar esse exemplo da célula saudável, a célula que você está sentindo intimamente, elas podem pegar a ressonância da saúde.

Você está com câncer? Isso pode limpar o câncer de seu corpo em um curto período de tempo e isso pode ser feito naturalmente, sem que seja algo invasivo como algumas técnicas humanas atuais que são desenhadas para matar, para não exemplificar. Uma célula padrão, neste caso, pode curar o corpo inteiro.

Funciona com tudo em sua vida...
(Tobias dá uma risadinha).

Cauldre teve umas poucas palavras comigo sobre o sermão de hoje! 
A Tecnologia Standard funciona com todas as coisas em sua vida.

Veja só; imagine numa experiência por que tenha passado, dirigindo pela estrada sozinho no carro, curtindo o momento, curtindo a paz e a tranqüilidade; dando uma escapada por uns momentos, ficando a sós pra variar. Sinta a energia por um momento.

(Pausa)

Talvez você esteja cantando. Você se sente super bem. Oh, pode haver todas essas outras questões humanas ao seu redor, mas você se sente tão bem que canta por um momento, dirigindo o carro completamente na sua... Sinta esse momento.

(Pausa)

Esse é um momento de consciência. É um pouco diferente do exemplo biológico que acabamos de dar. Agora estamos entrando na consciência, um tipo diferente de energia.Respirem profundamente e sintam esse momento.

(Pausa)

Alguns estão dizendo “Eu jamais tive um momento como esse”. Mas vocês tiveram. Vocês o experimentaram, talvez não num tempo real, mas mais num estado onírico.

Então sintam a energia. Isso é consciência. Essa consciência de se saber feliz consigo mesmo e estar contente no momento é uma Tecnologia Standard. É uma Energia Standard (Energia Padrão). 

Agora, essa consciência padrão tem a mesma habilidade que o exemplo da célula que acabamos de dar. Você pode usar essa energia de puro deleite e felicidade em ser humano na Terra, em seu espaço seguro e sagrado.

A consciência está inter-relacionada da mesma maneira que as células estão inter-relacionadas.

Cada... Estamos tentando encontrar a palavra certa pra isso... Todo momento de consciência, toda medida de consciência contém dentro de si a essência de todas as outras partes. Cada momento, cada medida de consciência pode se comunicar ou se conectar a cada outra parte de sua consciência.

Não é como um submarino. Seus compartimentos não estão selados, separados uns dos outros, mas você se permitiu acreditar que estavam. Você separou a consciência. Tudo é o mesmo, tudo está inter-relacionado.

Se você pega esse momento gostoso... Talvez não seja profundo, sabe, tipo um momento onde você tem uma consciência cósmica, mas um momento assim humano, simples e lindo... Este momento se torna o exemplo. Torna-se o padrão, o modelo para sua consciência. E então você agora pode deixar que ele irradie por todas as outras partes de sua consciência, e ele então pode enviar o mesmo sinal para elas. (*)

(*) Nota Stela - recomendo a leitura da mensagem dos Abraham, "Qualquer coisa que faça sua rolha flutuar"

Se você quer ser feliz, se você quer ser manso, se quer amar a si mesmo: “Eu sou o caminho; eu sou o exemplo; eu sou o modelo de felicidade em mim mesmo”.

Aquele momento de consciência agora produz um impacto em todas as outras partes da consciência.

Sim, o pedaço de consciência aqui que diz, “A vida é um saco, tive um péssimo dia, acabei de ser demitido...” Você percebe, você tem isso em seu campo de consciência. Isso existe. Você separa e segmenta isso de sua parte consciente que se sente bem cantando no carro.Você criou diferentes caixas e compartimentos para eles, assim que eles sequer conversam ou se comunicam mais.

Mas agora você pode usar essa Tecnologia Standard. 
Ela é bem simples – física muito simples – refletir para todas as outras partes de sua consciência.

Você alguma vez ganhou alguma coisa? Pegue esse momento de ganhar algo... Talvez na loteria, talvez num cassino, talvez pelo correio... Pegue esse momento de consciência, que eu poderia chamar um ponto de separação, onde uma variedade de energias se reúne ao mesmo tempo para criar um acontecimento – um ponto de separação.

Se você sente esse momento de abundância e alegria, ele pode se tornar Tecnologia Padrão também, se comunicando com todas as outras partes de sua consciência que podem estar sentindo carência, que podem estar fechadas, restringindo a tubulação do fluxo de abundância em sua vida . Você bloqueou. Não permitiu que permeasse o resto de sua consciência. Este momento pode ser usado para irradiar e brilhar sobre os outros.Você sempre teve isso. Apenas não usou.

Você pode fazer isso com todas as coisas em sua vida.

Não faça pelos outros, ou envolvendo outros por agora.

Pedimos a você que cada dia pegue um exemplo padrão: algo em sua biologia; alguma coisa em sua consciência; um momento de fruição, um momento de sentir amor; um momento de partilhar com outros. Agora, mais uma vez, mantenha-os como exemplo. Mantenha como uma tecnologia para si mesmo.

Vamos mostrar a vocês esse método muito simples de deixar com que um exemplo pequenino, uma célula cure um corpo inteiro. Um momento de consciência feliz que depois pode estabelecer o exemplo e tornar-se o padrão, o modelo para todo o resto de sua consciência.

Consciência, quando dentro do corpo humano na dimensão humana, tem um jeito de estabelecer para si mesma padrões e você esteve envolvido neles. Muito parecido com velhos discos que têm sulcos, um padrão que cria a vibração e o som. A consciência na forma humana é muito parecida com eles, tende a seguir padrões. É por isso que você continua a... Se você está tendo problemas em sua vida, você tende a continuar a ter problemas até que algo muito excepcional acontece e você sai do velho padrão.

Você pode usar um exemplo modelo, uma Tecnologia Standard (Padrão) para recriar os padrões da maneira que quiser.

Não tem que meter o cérebro na coisa. Não tem que fazer esforço. Não tem que usar todos esses métodos e sistemas complexos. Outros humanos podem querer usar ou precisar deles agora, mas você pode vir para o que Saint-Germain chama Tecnologia Standard (Padrão).

Um exemplo de saúde; um exemplo de abundância, um exemplo de paz interior; um exemplo dentro de si mesmo de... Você pode se tornar mais sabido usando isso, diz Saint-Germain... Vá a um momento “sabido”... Um espaço onde você foi realmente muito sabido, muito inteligente ou o que quer que chame isso... Você pega a energia desse momento, essa experiência e a estabelece como seu padrão. Então deixe que agora ela ilumine e brilhe sobre todas as outras partes de seu cérebro, de sua inteligência e você pode aumentar seu Q.I. Por 17,33% (muitas risadas) em um mês!

Nós juramos que Saint-Germain deve estar escrevendo anúncios, propaganda para algumas dessas coisas que vemos!

Mas você pode literalmente estabelecer o exemplo para seu próprio intelecto. É o exemplo que brilha e muda todo o resto. Sempre esteve aí. Não é ferramenta nova, mas foi negligenciada,esquecida, oprimida. Foi posta de lado porque você deixou de fora seu equilíbrio energético por muito tempo. Você não queria sequer saber que havia algo tão simples, tão doce. Estava tão ocupado que não queria dar uma olhada no que realmente funciona.

É parecido com fazer dieta, humanos saem de uma dieta para outra, mas é muito simples. Você poderia realmente usar essa Tecnologia Standard. Houve uma época em que você não estava com tanto peso extra como agora, quando você se sentia bem com seu corpoTaí o padrão!

Esse sentir-se bem com o corpo se torna uma consciência. Detém uma certa vibração e ressonância. Vá a esse momento, sinta sua energia, e ao invés de represá-lo dizendo, “Mas isso era eu há vinte anos atrás”, liberte-o.

Ele estabelece o exemplo para o equilíbrio de peso e a distribuição do peso e da gordura em seu corpo. Estabelece o exemplo de como a energia é introduzida e depois liberada. Às vezes... Há muitas, muitas razões para o peso, mas às vezes é porque você está fora de seu equilíbrio energético próprio. Portanto tem que se alimentar em algum lugar, não tem? Bem, você se alimenta literalmente de comida e depois você a armazena, tentando se re-equilibrar. 

A Tecnologia Standard (Padrão) é algo de que vamos falar pelos próximos Shouds. É simples. É profundo, você vai ficar doido que não tenhamos falado antes sobre isso! (risadas).

Vocês estavam muito ocupados, (risadas) dispersando seu equilíbrio energético. Mas agora isso está pra trás. Vamos conversar sobre algo bem simples. Alguns de vocês sabem onde vamos chegar com isso, então vamos deixar que os demais também saibam.

Ao se tornar o verdadeiro Padrão – seu corpo equilibrado, sua mente e seu espírito equilibrados, vivendo uma vida apaixonada, feliz e realizada como Professor da Nova Energia – você se torna o Modelo, o Padrão para os demais. Quando está com eles sua radiância se comunica com cada parte deles e diz, “É possível. Pode ser feito. Aqui está o exemplo radiante. Aqui está o exemplo de saúde. Aqui está o exemplo de equilíbrio e criatividade”.

Agora, o corpo e a consciência deles vêem e sentem isso. Agora você não está deixando que roubem nada seu porque você sabe que isso não serviria a eles ou a você. Mas você está dizendo, “Eu sou o exemplo e você pode fazer isso também. Se aconteceu uma vez em mim, também pode acontecer em você”.

Você, de uma certa maneira, se torna uma inspiração para eles. De início, eles vão querer tentar tomar de você, vão querer até comprar de você. Eles não podem. Então vão começar a dizer, “Isso é um exemplo. Isso é como se equilibra a energia”. Vão começar a fazer um bocado de perguntas pra você a você vai evitar intelectualizar a coisa, vai manter tudo simples. “O que eu sou, vocês também são. Vocês têm isso dentro de vocês.”

Sua habilidade, com a Tecnologia Padrão, pode literalmente curar o câncer em outra pessoa – se eles permitirem – porque a consciência e o eu interior de cada um deles vão começar a ver o que você fez e refletir isso, espelhar isso ou mimetizar em si mesmos. Seu aclaramento de coisas que não servem a seu corpo vai começar a acontecer neles também.

Essa Tecnologia Standard é profunda e simples. Alguns de você vão argumentar ou passar por momentos difíceis porque querem um sistema complexo. Vocês estão no lugar errado. Estão no tempo errado. Vamos manter a coisa simples. Vamos falar sobre algumas das mais profundas – vocês chamariam – curas, mas não é cura mesmo. É apenas re-equilibrar, é o mais profundo.

Não envolve complexidade. 
É simplicidade.

Então, isso foi pra você, Shaumbra.
Isso foi pra você.
Comece a usar todo dia
.

Não bagunce com sua cabeça. Basta ir pros exemplos. Oh, eles vão começar a chegar até você. Você não vai ter que trabalhar para isso. É só usar a gnost, e ela trará os exemplos até você. Comece trabalhando com sua própria Tecnologia Standard (Padrão).

SE quiser, apenas pelo próximo mês, concentre-se no corpo. Concentre-se apenas no exemplo físico de que falamos antes e observe a diferença que começa a fazer em seu corpoUma célula... E cada um de vocês tem pelo menos uma célula saudável em seu corpo do contrário estaria aqui do nosso lado! (muitas risadas).

Você tem uma célula saudável e você não tem que batalhar mentalmente para fazer isso. Apenas diga a essa célula que pode transmitir, diga a ela que também pode receber, e deixe-a fazer o trabalho. Observe como a ressonância desta célula vai começar a afetar cada uma das outras.

Como sempre, vamos colocar a observação: Às vezes, quando seu corpo está passando por uma tremenda limpeza, ele libera coisas que você não precisa mais. Às vezes, você pode ficar assustado ou entrar em pânico e fica imaginando por que está com essas erupções de pele, por que você pode estar eliminando certas coisas de seu corpo. É limpeza.

Então, o que você faz para ajudar no processo de limpeza?

(Uma pausa, Tobias faz caras engraçadas até que alguém diz “respiro”)...

Respirar (muitas risadas quando Tobias “trava sua respiração”) e beber muita água ou líquidos e isso vai facilitar a limpeza.

Então, vocês sabem qual é o dever de casa, é pressupõe-se que seja um dever de casa curtível e muito agradável.

Duas coisas: trabalhem com a Tecnologia Padrão – não entrem muito com a cabeça; e deixem gnost tomar conta.

Foi um prazer estar aqui com vocês.

Como sempre, você nunca está só, especialmente agora com seu Correspondente junto a você.

E assim somos. 



Tradução: Sonia Gentil 
soniagentil@uol.com.br  
Setembro de 2006

Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, com o pseudônimo de "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com. O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.

O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.

Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.

As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.

O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espadas.

Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.

Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com todo este pé de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado. Veja a pagina de contatos no websitehttp://www.crimsoncircle.com/  

© Copyright 2006 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. 
Todos os direitos reservados.

www.novasenergias.net/circulocarmesim 


VIDEO: O QUE É UM SHAUMBRA?


LINK YOUTUBE